Combate à Violência Doméstica

Atualmente, o Brasil ocupa o 5º lugar no ranking mundial de violência doméstica, sendo que pesquisas apontam que nosso país tende a chegar ao 1ª lugar muito em breve.

Infelizmente, cada dia mais vemos histórias nos jornais de violência contra a mulher, aliás, o feminicídio está cada vez mais conhecido por conta disso, mulheres morrem diariamente no Brasil, vítimas de crimes de gênero.

Aliás, o feminicídio não passou a crescer de uma hora pra outra, o que de fato ocorreu é a melhor qualificação do crime, hoje as investigações apontam com maior clareza a ocorrência de crimes contra a vida das mulheres, o que é excelente para aprimorar a segurança.

No entanto, há um grande problema que ainda assombra as mulheres, pesquisas indicam que uma mulher agredida pode levar até 10 anos para denunciar o parceiro, ou seja, o feminicídio faz muitas vítimas por conta do medo constante que elas vivem, pois acreditam que comunicar a agressão irá coloca-la em maior risco.

Esta realidade, infelizmente, é recorrente no Brasil, mas precisamos tomar medidas para impedir que mulheres que sofrem violência domésticas se tornem vítimas de feminicídio. Hoje, qualquer pessoa pode denunciar, não precisa ser a vítima, de modo em que um terceiro que tenha conhecimento das agressões poderá procurar a polícia e ajudar a proteger a mulher.

  • NÓS AJUDAREMOS

Sabendo das necessidades de cada mulher, bem como conhecendo a realidade da violência doméstica, denunciar o agressor é sempre um caminho difícil e, muitas das mulheres, tem medo extremo e não sabem como agir, nessa hora, toda ajuda é necessária.

Por esta razão, nossa equipe oferecerá assessoria e orientação gratuita à qualquer mulher vítima de agressão e violência doméstica.

Toda e qualquer mulher que seja vítima de violência poderá nos procurar através dos e-mail contato@possocolocarnopau.com.br ou quaisquer mídias sociais, nos envie uma mensagem que iremos assessorá-la e orientá-la na busca de segurança e auxílio.

Se você não é vítima de violência, mas conhece alguém próximo que sofra com essas agressões, não hesite em falar conosco. Sabemos das dificuldades das vítimas em buscar ajuda, portanto, quem é próximo da pessoa e pode buscar auxílio, também estaremos prontos pra te auxiliar e orientar de forma gratuita, sinta-se à vontade para nos procurar no mesmo e-mail ou redes sociais.

Juntos, lutaremos por um país mais justo e livre de violência contra a mulher.

Posted in Direito Penal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *